quarta-feira, 18 de abril de 2018

Domingos Abrantes na biblioteca

É já no dia 23 de abril que iremos receber a visita de Domingos Abrantes. Virá conversar com as turmas do 9º ano do professor Ricardo Videira.


segunda-feira, 16 de abril de 2018

Olímpiadas da Cultura Clássica

No próximo dia 19 de abril, pelas 10:30, no espaço da biblioteca, terá lugar o desafio escrito. Estão inscritos cerca de 41 alunos.

terça-feira, 13 de março de 2018

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Atividades Semana da Leitura




ATIVIDADES SEMANA DA LEITURA

PROGRAMA PROVISÓRIO

 
5/3
6/3
7/3
8/3
9/3
8:15
Despertar para a Leitura *
Despertar para a leitura*
Despertar para a Leitura*
Despertar para a Leitura*
Despertar para a Leitura*
9.20
Poetando com Edite Gil
Poetando com Edite Gil
Poetando com Edite Gil
 
 
10.30
Poetando com Edite Gil
Poetando com Edite Gil
Poetando com Edite Gil
 
 
 
 
 
 
 
 
13:40
Grandes livros/grandes filmes  Dracula
Grandes livros/grandes filmes
Frankstein
Grandes livros/grandes filmes
Cor Púrpura
Grandes livros/grandes filmes
O Livro da Selva
Grandes livros/grandes filmes
Fahrenheit  451
14:30 - 16:00
Oficinas digitais
Aprender a jogar Xadrez com o Marc
Oficinas
digitais
Oficinas digitais
 




*Aguarda confirmação

Oficinas digitais ( mediante inscrição)  
-Aprende a jogar Xadrez com o Marc.

-Fazer um e-book no  Storybird – Alunos do professor João Rosinha ( Natureus)
-Gravar uma leitura no Podomatic

-Fazer um vídeo/apresentação utilizando o Powtoon
-Fazer um vídeo animado com Wideo.co

-Construir um jogo com o kahoot 
-Fazer uma nuvem de palavras com o Wordle e o Tagxedo








A origem dos Natureus

 
 

Os Natureus - Uma exposição no âmbito da Educação Tecnológica

Natureus on PhotoPeach

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

A importância da leitura em voz alta

Mais uma vez iremos receber o Rodolfo Castro que nos vai ensinar como os textos que lemos podem ganhar vida.

Ficam aqui as palavras de Daniel Pennac

O desaparecimento da leitura em voz alta é muito estranho. (…) Já não há o direito de colocar as palavras na boca antes de as meter na cabeça? Já não há ouvidos? Já não há música? Já não há saliva? As palavras já não sabem a nada? O que é que se passa? (…) Venham soprar nos nossos livros! As palavras precisam de corpo! Os nossos livros precisam de ter vida!”

in “Como um romance"